João Araújo – Rival Do Destino lyrics

Entidades negaram paixão
Abatido, eu até repensei
Procurei alterar o futuro
Nas palavras, eu embaralhei
Atitudes, o meu velho olhar
A conduta da minha emoção
Até quando eu me desesperei
Te chamei e manchei esse adeus
Te pedi pra despir nosso amor
Eu rezei e zerei minha fé e até
Já roguei pelo tempo da flor
E agorei nessa ponte de horror
Nosso porto de mágoa e torpor, meu Deus
Eu andei, me danei a chorar
Eu levei o meu corpo, eu velei
Pela noite anotei meu penar, sim
Bem que premeditei e despertei-me
Argumentos sem explicação
E afoguei nesse fogo sem fim, meu bem Planejei sabotar o destino
Quando a carta mostrou outro Rei
Quando o amigo me disse: Vai não!