Definição do Senado

O Senado é uma noção que deriva do senatismo latino e que permite nomear um dos órgãos do Poder Legislativo , composto por membros ( senadores ) que são eleitos pela população por meio de eleições ou, em alguns casos, nomeados por uma autoridade.

Escrito no capital inicial, o conceito permite nomear esta assembléia política e o recinto onde se realizam as sessões dos senadores. Os países que têm um senado são geralmente aqueles organizados sob um regime federal e bicameral.

Nesse contexto, o Poder Legislativo de uma república federal com bicameralidade tem um congresso ou parlamento dividido em duas câmaras: a Câmara dos Deputados , também conhecida como Câmara Baixa , e o Senado ou Câmara Alta .

Embora as características variem de acordo com o país, é comum a Câmara dos Deputados ser composta por representantes eleitos por toda a população, enquanto o Senado recebe representantes eleitos por território ( estados , províncias , etc.). A ligação entre a Câmara dos Deputados e o Senado depende da Constituição da nação.

No Canadá , por exemplo, os membros do Senado são eleitos pelo Governador Geral de acordo com o Primeiro Ministro . São 105 senadores , cujos assentos são distribuídos de acordo com a região .

O Senado na Espanha é conhecido pelo nome da Casa Superior das Cortes Gerais, vem a representar o povo espanhol e é composto por um total de 266 membros no momento, embora seja variável. Seus membros vêm a ser eleitos primariamente pelo sufrágio universal, livre, igual, direto e secreto dos cidadãos na proporção de 4 senadores por província, embora as ilhas principais escolham 3 e as ilhas menores. 1. Não se esqueça de que as cidades Comunidades Autónomas de Ceuta e Melilla escolhem 2 cada.

Outros dados interessantes sobre o Senado na Espanha são os seguintes:
-O seu mandato dura 4 anos.
- Tem vários órgãos importantes, como o Presidente, a Mesa, o Conselho de Porta-Vozes, as comissões, os grupos parlamentares, a deputação permanente e os grupos territoriais.
-Exercícios de três funções fundamentais: integração política, territorial e legislativa.

O Senado da Argentina , por outro lado, consiste em membros votados diretamente pela população. Nesta Câmara Alta há, para cada província, três representantes além dos três senadores da Cidade Autônoma de Buenos Aires , eleitos para servir períodos de seis anos cada.

Sem dúvida, o conhecido Senado Romano desempenhou um papel fundamental na história, uma vez que era uma das instituições mais importantes da Roma Antiga. Um total de 300 magistrados foram aqueles que deram forma a este órgão, que não só era responsável por dirigir a política externa ou religião e finanças, mas também por ratificar as leis que haviam sido votadas pelas eleições.

Inicialmente, era composto apenas por 30 patrícios e seu trabalho era basicamente consultivo. No entanto, com o passar do tempo e, sobretudo, com o estabelecimento da República, foi possível aumentar seu papel.

border=0

Procurar por outra definição